Escrito em por
Ações.

Justiça para o Cãozinho Theo

Na tarde deste domingo, 8 de maio, ativistas da Vanguarda Abolicionista tomaram parte em um protesto contra a morte do cachorro Theo, no bairro Santana, em Porto Alegre (RS).

Theo foi agredido por um homem quando a tutora passeava com ele na noite de quinta-feira (28). Segundo Isabel Cristina, 48 anos, o cão Theo, da raça Yorkshire, foi chutado após fazer xixi na calçada em frente a um prédio. Um morador teria se incomodado com o ato.

Os manifestantes da ONG Vanguarda Abolicionista e protetores independentes se concentraram em frente à empresa onde o animal foi chutado por ter feito xixi. Após palavras de ordem e discursos, todos marcharam pela rua São Luis até o prédio onde mora o acusado.

A tutora de Theo, Isabel Cristina Maciel Luz, emocionada, recebeu demonstrações de carinho dos muitos protetores e simpatizantes presentes. O caso do cãozinho Theo segue sendo investigado pela Polícia Civil.

caozinho-theo-e-morto-por-fazer-xixi-ong-vanguarda-abolicionista-protesta

Nota do Portal Camaleão: Maltratar animais é crime! A Lei Federal 9.605/98 – dos Crimes Ambientais – no artigo 32 estipula que “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” é passível de pena de detenção, de três meses a um ano, e multa. E a pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal como foi o lamentável caso ocorrido com o cãozinho. Esperamos que o caso seja solucionado e o devido criminoso punido para coibir que novos casos como esses aconteçam.

É urgente que tenhamos leis mais severas em relação a crueldade contra os animais e campanhas governamentais na grande mídia informando e educando a população sobre respeito aos animais.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Share on Google+0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta