Escrito em por
Ações, Ações-do-Portal.

Maratona de atividades realizadas pelo VEDDAS no fim de ano!

Centenas de milhares de pessoas passam pela Avenida Paulista nos dias próximos ao Natal, uma oportunidade de despertar a consciência e resgatar a empatia que milhares de pessoas perderam pelos animais.

Sabendo disso a ONG VEDDAS (Vegetarianismo Ético em Defesa dos Animais e Sociedade) fez uma maratona de atividades de rua com seu Veddas-Carte (recurso multimídia) em São Paulo nos dias 20 a 24 e também foram realizadas ações em outras cidades onde o VEDDAS atua como Natal, Recife e Sorocaba!

Tivemos a oportunidade de presenciar e participar no dia 23 onde a ação estendeu-se das 16h00 até as 02h00 da madrugada, por incrível que pareça (vide fotos) no período da tarde o movimento ainda não era tão grande comparado ao período noturno.

Pouco a pouco a Avenida Paulista foi lotando, o público se dividia em pessoas que estavam fazendo compras e algumas apenas passeando, mas que tinham o trajeto interrompido devido as cenas do carte que chamavam muita atenção, muitas pessoas mesmo na correria de suas vidas agitadas, paravam para ver não só pelas cenas dos bastidores da exploração animal, mas também pelo som audível dos animais que ali ecoava e também pela aglomeração, que hora ou outra, se formava ao redor do Veddas-Carte.

Muitas pessoas questionavam o conteúdo mostrado, porém, ao conversar com os ativistas elas se davam conta de que isso era necessário, pois, infelizmente, quando se mostra um vídeo educativo as pessoas não param para ver e as que param, as vezes, ainda não conseguem fazer a ligação do consumo com a exploração animal, além da degradação ambiental gerada por esse modelo de transformação da vida em morte para consumo.

Por tudo que presenciei, tenho a certeza de que a grande maioria das pessoas abordadas foram para a casa naquele dia, com uma visão diferente dos animais e da sua relação com eles.

Posso afirmar, isso com toda certeza, pois o trabalho de dialogo na rua é muito importante, é no contato direto que você pode quebrar mais mitos (do que conseguiria na internet) e sanar quaisquer dúvidas que as pessoas possam ter (ao vivo) e também provocar reflexões.

Eis a importância de que as pessoas veganas tomem atitudes, deixem a TV e saíam para as ruas, talvez o fato de muitas pessoas não terem tido refletido ainda sobre a exploração dos animais para consumo humano não seja apenas devido ao lobby da indústria, mas também dos milhares de veganos que sabem dessas atrocidades, mas não se mobilizam estrategicamente, não se aproximam daqueles grupos bem organizados que já realizam esse trabalho!

O trabalho da ONG VEDDAS é bem organizado e planejado, os ativistas não param um minuto, afinal, cada segundo de distração ou conversa paralela é uma pessoa que poderia ter sido abordada e consequentemente animais salvos a partir da mudança de hábitos de consumo dessas pessoas.

No período da noite a avenida estava lotada e tivemos o apoio de outros voluntários do VEDDAS, com isso o número de abordagens também aumentou e assim podemos ter uma ideia melhor da importância e da forma de se atuar nesse tipo de ação, muitas pessoas repensaram suas atitudes, se assustaram com os fatos, algumas até choraram (não foram poucas), ficava muito nítido a expressão de surpresa, susto, espanto e de “como eu nunca percebi isso antes” na cara das pessoas.

Era interessante ver também que uma parte do público já conheciam o VEDDAS de ações anteriores e voltavam simplesmente para tirar novas dúvidas e pegar mais dicas para continuar a mudança da alimentação.

Dentre toda essa multidão que os mais de 10 ativistas conversaram, três pessoas me chamaram muita atenção…

Entre as pessoas que eu conversei, uma senhora logo no final da tarde demonstrou total interesse sobre os assuntos apresentados e disse ser uma grande defensora dos animais contando até mesmo um pouco de suas “travessuras” e que desde pequena ela não comia muita carne, sempre teve uma rejeição e até hoje seu consumo é bem baixo, quase nulo até mesmo em relação a derivados e ela queria conhecer mais sobre a alimentação vegetariana e mais opções para poder abolir de vez, logo entreguei para ela algumas dicas de livros sobre culinária vegetariana no qual ela já saiu para comprar na livraria mais próxima, do outro lado da avenida e ainda voltou para mostrar.

O segundo caso interessante foi de um rapaz praticante de hipertrofia que está abolindo aos poucos o uso de produtos de origem animal, comentei a ele a importância de compreender Direitos Animais para que não faça uma transição apenas pelo viés da sua saúde e lhe indiquei um site de fisiculturistas veganos e para a minha surpresa ele voltou no período da noite, simplesmente para contar que acessou e gostou do site.

O terceiro e último caso, já no final da noite, foi de duas meninas que já tinham demonstrado uma empatia pelos animais (segundo elas) e que se surpreenderam com os vídeos e com toda exploração animal para obtenção de produtos de origem animal, chegando até mesmo a tentar esconder as lágrimas que rolavam pelo rosto.

Neste momento, estou em contato com as duas e dando um suporte online e algumas dicas para facilitar a transição delas ao Vegetarianismo / Veganismo.

Acreditamos que as ações de rua exercidas pelo VEDDAS são extremamente válidas e cruciais para o crescimento da consciência de que os animais não existem para o interesse humano.

 • Saiba como apoiar o VEDDAS aqui!


Assista o vídeo da ação de fim do mundo durante o período noturno:

Acesse aqui o álbum de fotos da ação de maratona de fim do mundo !

Fundador do Portal Veganismo e do Grupo CAMALEÃO.
Comunicólogo, autodidata em História, Filosofia e conhecimentos gerais. Ativista abolicionista pelos Direitos Animais, membro da Sociedade Vegana.

Facebook   

Deixe uma resposta