Escrito em por
Curiosidades.

Jolly Roger é o nome do logotipo da Sea Shepherd Conservation Society

O logotipo Jolly Roger foi criado por Geert-Jan Vons, artista e veterano tripulante da Sea Shepherd e co-desenvolvido por Paul Watson, fundador da Sea Shepherd, para representar os piratas do bem (Sea Shepherd) que lutam contra os piratas maus (caçadores baleeiros, caçadores de focas, pescadores, etc).

qual-o-significado-do-logotipo-da-sea-shepherd-conservation-society-global-Jolly-Roger

O logotipo inclui um cajado de pastor, que representa a forma como a Sea Shepherd defende e protege nossos oceanos e o tridente de Netuno, que significa a abordagem intervencionista.

O crânio representa a morte que os seres humanos infligem as criaturas do mar. Além disso, é detalhado com um golfinho e uma baleia como um símbolo “yin yang” para representar o equilíbrio natural dos oceanos quando livre da interferência humana.

 

A SEA SHEPHERD

Atualmente, a Sea Shepherd é considerada a ONG de proteção dos mares mais ativista do mundo e conta com a participação efetiva de milhares de voluntários em todo o planeta.

Fundada em 1977, a Sea Shepherd Conservation Society (SSCS) é um organização internacional, sem fins lucrativos, de conservação da vida selvagem marinha. A missão da Sea Shepherd é acabar com a destruição de habitat e matança de animais selvagens em oceanos do mundo, a fim de conservar e proteger os ecossistemas e espécies.

A Sea Shepherd usa táticas de ação direta inovadoras para investigar, documentar e agir quando necessário para expor e confrontar as actividades ilegais no mar alto. Através da salvaguarda da biodiversidade dos nossos ecossistemas delicadamente equilibrado oceano, a Sea Shepherd trabalha para garantir a sua sobrevivência para as gerações futuras.

 

O COMBATE A CAÇA AS BALEIAS

Uma das campanhas mais intensas e mundialmente conhecida da Sea Shepherd Conservation Society é o combate a caça as baleias no Santuário de Baleias do Oceano Antártico contra os caçadores japoneses.

A frota baleeira tem a pretensão de caçar todo ano aproximadamente 935 baleias minke e 50 baleias fin. Graças as ações diretas da Sea Shepherd, os caçadores não tem conseguido atingir suas metas e tem obtido altos prejuízos de suas caçadas.

Durante uma das últimas temporadas, o Japão conseguiu capturar apenas 103 baleias minke, este, foi o menor número desde 1987. Ao todo a Sea Shepherd já salvou mais de 5.000 baleias e expôs a atividade baleeira japonesa ilegal para o mundo.

ong-defesa-dos-oceanos-animais-marinhos-ambientalistas-conservacionistas-ecologistas-sea-shepherd

 

Deixe uma resposta