Escrito em por
Ecologia, Ilhas Faroé.


Warning: Undefined array key "use_custom_image" in /home/portalveganis489/public_html/wp-content/plugins/custom-about-author/display-about-author-block.php on line 134

Sea Shepherd mostra bastidores da caça de baleias nas Ilhas Faroé

Este vídeo expõe algumas das mentiras continuamente expelidas pelos baleeiros das Ilhas Faroé. capitao-paul-watson-fala-sobre-as-falsas-alegacoes-faroenses-sea-shepherd-conservation-society-ilhas-faroe-baleias-ambientalistas-conservacionistas

Na semana passada eles acusaram a Sea Shepherd Conservation Society de deliberadamente atropelar baleias-piloto e ferí-las. Este vídeo demonstra claramente que o barco da Sea Shepherd estava tentando desviar de volta ao mar e em nenhum momento o barco fez contato físico com as baleias.

O absurdo da acusação das Ilhas Faroe é que a Sea Shepherd tem causado estresse e prejuízo para os baleeiros e as baleias foram estressadas e cruelmente abatidas.

A segunda mentira é que os baleeiros dizem que as baleias morrem instantaneamente. Em sua propaganda cada baleia morre dentro de 2 segundos. A Sea Shepherd nunca observou uma única baleia morrendo em 2 segundos.

Além do estresse da longa viagem para a praia, as baleias podem ser vistas claramente lutando e tentando sobreviver enquanto eles estão esfaqueando elas.

Em um artigo de notícias, as Ilhas Faroé afirmam que há 780 mil baleias-piloto no Atlântico Norte. Este número mágico continua a aumentar.

No mês passado, eles alegaram que era de 280.000 no mês anterior que era 178.000. O fato é que não há dados científicos para apoiar quaisquer estimativas populacionais.

O número de baleias de acordo com a IUCN é desconhecido e não há dados suficientes para o estado formar uma estimativa.
As Ilhas Faroé estão simplesmente, para contornar este problema, fabricando os números para a população.

Comunicado via Paul Watson

Deixe uma resposta