Escrito em por
Ecologia.

Em casas, redes de iluminação, estádios e até no espaço já é realidade


Há alguns anos a energia solar era considerada algo futurístico, hoje com uma visão positiva já podemos dizer que esse futuro chegou. Essas tecnologias são capazes de produzir energia eficiente e sustentável e, em grandes metrópoles mundiais – incluindo as brasileiras, há legislação que incentiva novas construções a utilizarem energia solar.



No Brasil, a cidade de São Paulo foi a pioneira na obrigatoriedade da instalação de aquecedor solar de água em novas construções feitas com quatro ou mais banheiros. A lei 14.459, de 2007, fez com que o mercado, se aquecesse para um novo nicho de investimento.


Bom para o meio ambiente e para o bolso

O dinheiro investido em placas solares tem um retorno positivo na hora de pagar a conta de energia, em São Paulo o aparelho pode ser encontrado por R$ 1,6 mil.
Mesmo recebendo cerca de 2,2 mil horas de luz do sol em quase todo o seu território, o chuveiro elétrico ainda prevalece no Brasil. No entanto, o quadro começa a mudar. Capitais como Porto Alegre e Curitiba já têm legislação aprovada para uso da luz solar.


Curiosidades

Nos Estados Unidos por motivos estéticos, administrações de conjuntos residenciais estão tentando proibir moradores de instalar painéis solares.

E a energia solar já influencia os cientistas espaciais norte-americanos. Lois Friedman (diretor da Sociedade Planetária) afirma que viajar com propulsão solar é a única tecnologia que poderá, algum dia, levar o homem às estrelas. E o Japão já vem inovando no quesito energia solar espacial.

Inspiração: Ecycle

Ambientalista, adepta da alimentação sem carne, simpatizante dos direitos animais e agora blogueira!

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta