Escrito em por
Casos, Notícias, Taiji.

Golfinhos são cruelmente mortos em Taiji (Japão)

Aquários do Japão prometeram nesta quarta-feira, a pararem de adquirir golfinhos capturados da caça sangrenta de Taiji no Japão.

A situação dos animais nesse vilarejo foi retratada no documentário “The Cove”, que causou uma indignação global e levou o documentário a ser premiado com um Oscar.

aquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-golfinhos-filhotes-japão

A iniciativa da Associação Japonesa de Zoológicos e Aquários (JAZA), segundo informações do “The Brasil Leaks”, segue uma decisão desde o mês passado, baseado pelo grupo suíço, WAZA (Associação Mundial de Zoológicos e Aquários), de suspender membros da organização japonesa caso esta caça em Taiji continue.

A WAZA caracteriza a caça em Taiji (Japão), como sendo, totalmente cruel, e, decidiu que nenhum dos seus membros, deve adquirir golfinhos de tal maneira.

Nesta caçada cruel, os golfinhos são encurralados em uma enseada e assassinados pelos pescadores à fim de venderem as suas carnes. Os golfinhos mais bonitos são vendidos a aquários (cativeiros) ao redor do mundo.

Em uma carta enviada a WAZA, o grupo japonês do qual se dispõe de 89 zoológicos e 63 aquários, disse, que vai respeitar a decisão da WAZA.

“É de nosso desejo, da JAZA (Associação Japonesa de Zoológicos e Aquários) permanecermos como membro da WAZA (Associação Mundial de Zoológicos e Aquários),” relatou: ‘Kazutoshi Arai’ em uma carta dirigida ao Presidente ‘Lee Ehmke’ da WAZA.

A campanha contra a caça de golfinhos em Taiji no Japão já atraiu diversas estrelas de Hollywood, bem como o grupo ativista e anti-caça as baleias: Sea Shepherd.

“Esta importante decisão, marca o começo do fim da caça de golfinhos no Japão”, disse ‘Sarah Lucas’, CEO da ‘Australia for Dolphins’.

Autoridades e pescadores da pequena vila de pescadores na região central do Japão, Taiji, têm defendido a caça como uma mera tradição, dizendo que comer carne de golfinhos não é diferente de comer carne ou frango.

O documentário “The Cove” – “A Enseada”, do qual mostra as atrocidades ocorridas com os golfinhos em Taiji no Japão, foi ganhador do Oscar em 2009.

O documentário foi dirigido pelo veterano ativista de golfinhos ‘Ric O’Barry’, e, que também, já treinou golfinhos para a década de 1960 para a série de TV “Flipper”, isso, antes de Ric tomar a decisão de dedicar-se a sua vida à fim de proteger os mamíferos e mantê-los vivos na natureza.

Veja uma sequência de fotos produzida por uma voluntária do CAMALEÃO que esteve presente em Taiji como Cove Guardian:
01 – O bebe golfinho cansado de nadar apoia em sua mãe (cena comum em toda caçada)
02 – Barcos japoneses capturam o primeiro grupo de golfinhos
03 – Enorme quantidade de barcos para encurralar o segundo e o terceiro grupo de golfinhos
04 – Mais de 100 golfinhos capturados
05 – Golfinhos encurralados na enseada, ficam um ou mais dias até que os pescadores decidam quem fica para ser escravizado em aquários e zoológicos pelo mundo e quem será assassinado para consumo de sua carne

aquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-golfinhos-filhotes-japão aquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-barcos-cercando-golfinhosaquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-golfinhos-sendo-encurralados-por-barcos-de-pescaaquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-golfinhos-presosaquarios-japoneses-vao-parar-de-adquirir-golfinhos-de-taiji-placa-de-alerta-censurando-fotos-ativistas

Nota do Portal: Essa notícia é uma grande vitória para os golfinhos e para todos aqueles que se opuseram e lutaram contra a caça em Taiji e uma importante medida tomada pela WAZA, mas não podemos deixar de notar que mesmo que seja louvável que essas organizações de aquários e zoológicos parem de apoiar a captura sangrenta em Taiji, elas continuam sendo as mesmas organizações que aprisionam animais.

Os animais vão continuar sendo capturados em outros lugares para sustentar e manter o show nos aquários e zoológicos.

Essa foi uma vitória importante em relação a Taiji e que esperamos que influencie positivamente outros governos e pessoas para que repensem a captura de animais, mas, não podemos nos limitar a isso, afinal, outros animais continuam aprisionados para servir de entretenimento humano em diversas localidades do planeta. Temos que continuar combatendo a visão romântica de que zoológicos e aquários são benéficos para os animais!

Deixe uma resposta