Escrito em por
Ações, Notícias.

Um ser respeitoso nunca apoiaria matança alguma!

Nada melhor do que uma época como o Natal para falar de vida, respeito e amor, principalmente quando se tem como aliado o principal ícone cristão desta data: Jesus Cristo, ou pelo menos o seu sósia.

Nesse sábado (19), véspera de Natal, o sósia de Jesus Cristo, esteve realizando um manifesto pacífico e reflexivo, assinado pela ONG CAMALEÃO, na praça central da cidade de Taubaté (SP).

ativista-veste-se-de-jesus-para-pedir-ceia-vegetariana-no-natal-vegetarianismo-veganismo

O ato consistiu em levar ao público à reflexão sobre a incoerência do Natal cristão em celebrar a vida com a morte, em falar sobre “paz, felicidades, alegria, respeito” e ao mesmo tempo apoiar a exploração de animais.

Principalmente, daqueles animais contidos no cenário do presépio, como ovelhas (exploradas para uso de lã), galinhas e pintinhos (exploradas para consumo de ovos e consumo de seus corpos), vacas e bezerros (exploradas para uso do leite), burros e cavalos (explorados como “veículos” em procissões e em rodeios), entre outros.

jesus-vegano-vegetariano-sosia-vegetarianismo-ceia-cristã-ativismo-vegano-natal

O CAMALEÃO realizou simultaneamente a intervenção artística, exibição multimídia mostrando bastidores da exploração de animais, panfletagem e dialogo com o público transeunte explicando sobre o ato e tirando dúvidas das pessoas que questionavam “O que é Veganismo?“, além de terem servido degustação vegetariana.

O grupo entregou livros de receitas vegetarianas gratuitamente e pedia as pessoas para considerarem fazer uma ceia 100% vegetariana (alimentação baseada em vegetais, sem a inclusão de derivados de origem animal como leite e ovos).

jesus-vegetariano-ativismo-vegano-vegetarianismo-ceia-natal-cristã-ONG-CAMALEÃO

Assista ao vídeo dessa atividade do CAMALEÃO:

Se você ainda não é Vegan considere aprofundar mais seus conhecimentos sobre Direitos Animais e se esforçar para colocar o Veganismo em prática.

Se você já é Vegan, faça uma doação para dar continuidade a esse trabalho!

Deixe uma resposta