Escrito em por
Notícias.

Animais estão morrendo de fome e de descaso total no Zoo em Taboão

Ativistas estão acampados em frente ao Zoológico de Taboão da Serra desde aproximadamente o dia 27 de fevereiro, o motivo é que cerca de 20 animais já morreram devido as péssimas condições, descaso e maus-tratos cometidos pelo Zoológico de Taboão.

zoologico-taboão-da-serra-prisão-animais-camaleão

Desde a presença de um grupo ativista no local foi vivenciado a morte de alguns animais, como duas corujas, um pavão, entre outros, mesmo após o alerta e denúncia constante dos ativistas as autoridades nada fizeram. Uma arara está com a asa quebrada e permanece em sua jaula.


Os animais vivem em locais improvisados, quebrados, enferrujados, com muita sujeira, água parada, vazamentos hidráulicos, instalações elétricas aparentes e entulhos. Os peixes estão imersos e mortos em uma água suja.

Um leão, um tigre e uma tigresa morreram recentemente, segundo o jornal local Taboão em Foco, até mesmo a TV Record realizou uma reportagem sobre a situação dos animais no Zoológico, onde o prefeito havia prometido realizar reformas no local e até agora nada foi feito.

zoologico-taboão-da-serra-prisão-animais

Moradores próximos ao Zoológico estão ajudando a manter o acampamento dos ativistas com água, frutas e outros itens, os ativistas acampados disseram que vão ficar no local até quando for necessário e pedem para que mais pessoas se juntem ao acampamento.

Nota da Redação: É fundamental dizer que, independente de reformas no Zoológico, o que os ativistas presentes e o movimento de direitos animais quer não é que as condições dos animais melhorem e eles permaneçam no Zoológico (prisão) e sim que a população não frequente esses lugares e tome consciência de que animais não deveriam viver enjaulados e fora de seu habitat natural e que esses animais que são tutelados e de responsabilidade do Estado sejam transferidos para Santuários ou devolvidos à natureza (cada animal é um caso de reabilitação diferente).

Deixe uma resposta