Escrito em por
Notícias.

FALA Brasília dá voz aos animais até no nome

A FALA (Frente de Ações pela Libertação Animal) baseia-se no princípio da não-violência e na educação para o veganismo como forma de colocar em prática as mudanças no cotidiano, buscando o fim da rígida distinção moral e legal entre seres humanos e os outros animais, o fim da condição de animais como propriedade e a abolição da exploração animal nas mais diversas áreas: alimentação, vestuário, entretenimento, mão-de-obra e experimentação (ensino e pesquisa), entre outras.

A FALA tem como missão abolir a escravidão institucionalizada dos outros animais. Para alcançar essa missão, desenvolve ações em quatro áreas: intervenção educativa, debate filosófico, desenvolvimento legal e ação direta não-violenta.

conheca-o-coletivo-percorre-o-brasil-dando-voz-aos-animais


Suas ações de intervenção educativa incluem palestras/seminários/congressos/debates etc., eles já estiveram em universidades, centros culturais, complexos penitenciários e escolas de ensino médio. O intuito é levar informação ao maior número de pessoas possível, sem discriminação de público. No próximo ano, por exemplo, eles pretendem fazer um ciclo de palestras sobre Direitos Animais por 22 dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal. E ainda em 2013 levar esse mesmo ciclo de palestras para o Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai. Inclusive eles já tem verba pra isso e um calendário previsto.

Sobre as ações de debate filosófico, tem como meta organizar e coordenar grupos de estudo nas universidades do Distrito Federal pelas quais passam (e incentivar a criação desses mesmos grupos de estudo nas demais universidades do país onde palestram), visando estimular o debate acadêmico sobre Direitos Animais. Para auxiliar essa ação, montaram uma biblioteca física com os principais títulos relacionados ao tema, dos mais diversos autores, como: Peter Singer, Tom Regan, Jacques Derrida, Carol Adams, Laerte Levai, Sônia Felipe, Jonathan Safran Foer, Melanie Joy, John Maxwell Coetzee, Regina Rheda, Wilson Grassi, Carlos Naconecy, Gary Francione e outros.

Na área de desenvolvimento legal, atuamos em parceria com a Frente Parlamentar do Congresso Nacional de Defesa dos Direitos Animais. Essa parceria é feita por meio de assessoramento e fiscalização, tendo o intuito de contribuir com o desenvolvimento de uma legislação que proporcione a abolição da escravidão institucionalizada dos outros animais.

E na área de ação direta não-violenta, organizamos manifestações para mobilizar a sociedade em relação à exploração dos outros animais.

“Se nunca reconheceram a voz que os outros animais sempre tiveram, deixamos aqui a nossa palavra: agora eles têm a nossa voz!” – FALA Brasília

Deixe uma resposta