Escrito em por
Notícias, Produtos & Serviços.

Açougue e empório vegano em Curitiba

O nome do futuro açougue vegano de Curitiba ainda não está 100% definido, mas pode se chamar “Armazém VegAninha”.

Acontece que, além das carnes vegetais penduradas (semelhante aos açougues tradicionais), o local também será um mini-mercado estilo secos & molhados, no entanto, somente com produtos vegetarianos e veganos locais, artesanais e à granel.

curitiba-pr-tera-primeiro-acougue-ecologico-e-vegano-do-brasil-carne-vegetal

O açougue do futuro (ecológico e vegano) também não utiliza embalagens plásticas, apenas retornáveis e papel.

A previsão de iniciar as atividades é entre abril e maio. Atualmente, os proprietários estão aguardando a resolução dos últimos tramites legais, a finalização total da reforma e a instalação dos equipamentos.

O empreendimento terá vários tipos de queijos e carnes vegetais, como bife de glúten, steak de diferentes leguminosas, frango vegetal à base de nata de soja, bacon vegetal, rosbife, seitan em peça temperado, “matambre” recheado, estamos desenvolvendo algumas peças de proteína de soja com sabores e formatos variados.

Os queijos são à base de tofu cremoso, sabor cheddar, defumado tipo provolone, tofupiry, cream cheese azedo, e peças de queijo firme feito de oleaginosas também com saborizações.

Os queijos fermentados prometem bastante, pelo aroma muito próximo aos queijos tradicionais.Também está sendo elaborado queijos de corte com diversas gomas para ser lançado no empreendimento.

Os steaks, o frango de nata de soja e alguns cortes típicos como frango vegetal oriental ou carne vegetal de sol, serão lançadas para a inauguração do empreendimento.

curitiba-pr-tera-primeiro-acougue-ecologico-e-vegano-do-brasil-carne-vegetal-queijos-vegetais-sem-leite-lactose curitiba-pr-tera-primeiro-acougue-ecologico-e-vegano-do-brasil-veganinha-carne-vegetal-veganismo-vegetarianismo-paraná-veganos-churrasco-queijos-vegetais

Tudo feito a mão, de modo bem caseiro. O local não pretende industrializar nada e também pretende atuar com alimentos de produtores locais. Os produtos são todos feitos pelo próprio pessoal do VegAninha.

O projeto do Armazém engloba também um espaço para workshops, cursos e atividades sociais nas áreas de ativismo, gastronomia, arte, permacultura, bioconstrução e outros meios de autossuficiência e empoderamento.

O empresário vegano Andrey Sanson faz um convite para os consumidores, pedindo compreensão e colaboração para esse novo estilo de compras proposto pelo VegAninha, onde você leva seu próprio vasilhame ou retorna o adquirido para ressarcimento, evitando assim geração de mais e mais sacolinhas plásticas.

“Também concordamos com a bagagem histórica que o conceito “açougue” carrega, por isso esse será apenas um conceito de similaridade para quem ainda não conhece carnes, leites ou queijos vegetais e que tem uma certa dependência nesse tipo de produto, mas não terá nenhuma placa escrita “açougue” no local, seremos um armazém com uma boa variedade de produtos”.

Hackepeter-carne-moída-prato-tradicional-alemão-vegetarianismo-carne-vegetal-açougue-vegetariano-vegano

Obs: a carne moida crua é um prato tradicional alemão chamado Hackepeter.

Deixe uma resposta