Escrito em por
Notícias.

10 dezembro: Dia Internacional dos Direitos Animais (DIDA)

O Dia Internacional dos Direitos Animais (DIDA) foi criado no dia 10 de Dezembro pela ONG Inglesa Uncaged em 1998.

A data é uma forma de validar e *chamar atenção para a necessidade da inclusão de todos os animais como pessoas, como sujeitos morais, sujeitos de direito, a data é propositadamente a mesma da Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, criado pela ONU.

dia-internacional-direitos-animais-camaleão-veganismo-abolicionismo-ativismo

O DIDA é marcado no mundo todo por ações de conscientização sobre os *Direitos Animais, uma das mais realistas e impactantes ações realizadas nesta data é a ação de exposição dos animais mortos vítimas do *especismo e que são mortos nas mais diversas formas de exploração animal.

dia-internacional-direitos-animais-igualdad-animal-vegan

Inspirado na ação da Igualdad Animal na Espanha, esse tipo de ação se iniciou em 2010 no Brasil com a Ong Veddas, que totalizou cerca de cinco intervenções na capital de São Paulo, uma em Recife e outra em Natal ao longo desse start.

Neste ano, ações serão realizadas pelo Veddas na cidade de São Paulo (SP)  e pelo CAMALEÃO em Taubaté (SP).

Como ajudar?
Voluntários estão sendo solicitados pelo Veddas para ajudar o ato na capital paulista para este domingo e segunda-feira, somente será valida participação para quem preencher e enviar a inscrição através do site: http://veddas.org.br/dida2013/.

O CAMALEÃO pede apenas ajuda em divulgação nas redes sociais e que simpatizantes à causa animal compareçam para registrar em fotos e vídeos o primeiro ato no Vale do Paraíba.

veddas-ativismo-vegetarianismo

Interior de São Paulo
Será o primeiro DIDA a ser realizado na região do Vale do Paraíba, o ato está sendo organizado pelo CAMALEÃO e irá ocorrer no centro de Taubaté, no sábado (07). O CAMALEÃO é o primeiro grupo atuante na promoção dos Direitos Animais, Abolicionismo e Veganismo na região.

Referentes Ausentes
A utilização de partes de animais é uma tentativa de quebrar o distanciamento entre produtos de origem animal e esses seres sencientes, auto conscientes e complexos que sofrem nas mãos do *especismo. Quando as pessoas compram pedaços de animais em supermercados perdem a ligação do que acontece nas fazendas

* Direitos Animais é a consciência de que os animais de outras espécies também são seres sencientes (e autoconscientes) que possuem seus próprios interesses e vontades, portanto, não devem ser tratados como propriedades ou recursos para os  animais-humanos.

* O movimento de Direitos Animais busca que todos animais sejam incluídos na comunidade moral, ou seja, que todo ser tenha sua integridade física e psicológica preservada, independente das diferenciações de espécie (entre outras).

* Especismo é o ato de desconsiderar os interesses de outro ser pautado em sua espécie. O termo é usado para se referir à discriminação dos humanos para os outros animais atribuindo valores diferentes para espécies diferentes.

Fundador do Portal Veganismo e do Grupo CAMALEÃO.
Comunicólogo, autodidata em História, Filosofia e conhecimentos gerais. Ativista abolicionista pelos Direitos Animais, membro da Sociedade Vegana.

Facebook   

Deixe uma resposta