Escrito em por
Notícias.

Com o objetivo de cortar um quarto das emissões de gás carbônico dos veículos até 2017, o governo brasileiro pretende obrigar as montadoras de automóveis a investir em eficiência energética. A medida pretende apresentar uma queda de 24% na quantidade de gás carbônico por quilômetro rodado nos carros que saem das montadoras brasileiras. Em média, os 171 gramas de CO2 por quilômetro rodado cairá para 130 gramas até 2017. As empresas que descumprirem o trato, vão pagar impostos mais caros.

A ideia é que os carros produzidos no país se tornem melhores, mais eficientes e tecnológicos que os produzidos nos Estados Unidos, Coreia do Sul, China e Japão. Além disso, a medida pode ajudar o consumidor a reduzir os gastos com combustíveis. Espera-se que a maior eficiência energética possa chamar a atenção do mercado externo e recuperar as exportações dos veículos, ajudando também na economia. A norma, que estabelece as metas por tipo de veículo, ainda será analisada pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

Fonte: Greenvana

Ambientalista, adepta da alimentação sem carne, simpatizante dos direitos animais e agora blogueira!

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta