Escrito em por
Notícias.

Vaquejadas e Rodeios agora são Patrimônio “Cultural” Brasileiro

O Presidente Interino Michel Fora Temer sancionou o PL 24 /2016 que eleva o Rodeio, a Vaquejada, e similares, à condição de manifestações da cultura nacional e de patrimônio cultural imaterial.

A nova Lei foi publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU) e torna práticas como “montarias, bulldog, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning” atividades culturais “brasileiras”, conforme o próprio nome já demonstra a contradição.

presidente-golpista-michel-fora-temer-sanciona-lei-tornando-vaquejada-patrimonio-cultural-golpe-dilma

O Projeto de Lei da Câmara 24/2016 agora tornou-se a Lei 13.364/2016. Outro ataque também veio hoje com a rápida aprovação da PEC 50, a PEC da Vaquejada, que afirma que atividades culturais não podem ser definidas como cruéis contra os animais e que foram votadas na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) no instante da publicação dessa matéria.

O impacto dessas leis é tornar praticamente impossível ONGs atuarem na tentativa de barrar eventos de rodeios e vaquejadas, bem como aprovar leis municipais ou estaduais que proíbam tais práticas.

Mais uma afronta a Democracia Brasileira que em sua maioria é contrária a prática da Vaquejada, conforme evidencia enquete feita pelo Senado Federal. Será que o Presidente Temer que já assumiu o golpe irá legalizar no Brasil também as rinhas de cães? Não é de se duvidar.

Nota do Portal Veganismo: A luta continua! Rodeio não é cultura, Rodeio é Tortura!

Fechamos essa matéria com um grande “Fora Temer” para todas e todos e a brilhante música de Chico César:

É hora do movimento repensar suas estratégias e atuações.

Fundador do Portal Veganismo e do Grupo CAMALEÃO.
Comunicólogo, autodidata em História, Filosofia e conhecimentos gerais. Ativista abolicionista pelos Direitos Animais, membro da Sociedade Vegana.

Facebook   

Deixe uma resposta