Escrito em por
Notícias, Otimismo.

Apoie o Santuário Rancho dos Gnomos e ajude a manter esse felino!

Há dois meses, o Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos foi convocado pelo Ministério Público e Secretaria Estadual do Meio Ambiente para fazer o resgate de um leão na cidade de Barra do Garças/MT.

O leão de 18 anos foi abandonado em novembro do ano passado por um circo que passava pela cidade, o animal era forçado a fazer uma peça junto de sua mãe, quando ela faleceu, ele perdeu a utilidade para o circo e então foi abandonado. Atitude comum nesse meio, afinal, donos de circo veem os animais como objetos úteis financeiramente e não como indivíduos únicos e sencientes que são.

leao-circo-santuario-brasil-foto-Regiane-Monch-de-Assumpção-Associação-Amigos-dos-Animais

Foto: Regiane Monch de Assumpção (Associação Amigos dos Animais)

Desde então, ele ficou sob os os cuidados da Associação Amigo dos Animais. Na época, sem estrutura para recebê-lo, o presidente da ONG, Francisco Cândido da Silva, iniciou uma campanha para a construção de um local para acomodá-lo e com a ajuda de amigos e voluntários iniciaram as obras.

Toda mobilização serviu para manter o leão a salvo o tempo mínimo necessário de seis meses para ele se recuperar, ganhar peso e saúde para que seja possível sua transferência para um local mais apropriado.

O Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos foi então solicitado para receber o Leão, que ganhou o nome de Ravi. Dar um novo nome aos animais que chegam ao santuário, é um procedimento padrão do Rancho dos Gnomos, que simboliza o início de uma nova vida, deixando para trás a vida de sofrimento do circo no passado.

Depois de mais de 1.300 Km viajando, juntamente com a equipe de veterinários e biólogos do Rancho, com o apoio de transporte feito pela empresa Porto Seguro (que sempre está auxiliando o Rancho no transporte de animais, principalmente, grandes felinos), Ravi chegou tranquilamente.

Em total segurança, ele já foi imediatamente transferido da carretinha-transporte para o recinto de quarentena, onde permanecerá pelo período necessário de exames e check-up completo para avaliar o seu real estado de saúde.

Neste espaço, ele começará a se ambientar com os novos sons e novos cheiros, além de ter o contato visual com os outros leões. Após o período de repouso, Raví irá para o seu novo recinto, que já está preparado para ele.

Agora o Santuário Rancho dos Gnomos, o leão Ravi, seus novos amigos felinos e todos os outros animais salvos pelo Rancho precisam de ajuda para preservarem a qualidade de vida que recebem. Atualmente, o Rancho dos Gnomos está fazendo uma campanha chamada “Santuário Animal” para realizar a compra de um novo terreno, muito maior para proporcionar mais espaço para esses animais e precisa da sua ajuda. Faça um depósito de coração, use os dados bancários abaixo:

leao-ravi-santuario-rancho-gnomos-cotia-santuario-animal-veganismo

Casal Pompeu, fundadores do Rancho dos Gnomos, em viagem pelo resgate do Leão Ravi.
santuario-animais-rancho-gnomos-viagem-leao-ravi leão-ravi-santuario-rancho-dos-gnomos-animais-silvestres-exoticos-circos-maus-tratos-veganismo-direitos-animais leão-ravi-santuario-rancho-dos-gnomos-animais-silvestres-exoticos-circos-maus-tratos-veganismo-direitos-animais-cotia santuario-rancho-gnomos-animais-leao-ravi

Para ver mais imagens do Leão Ravi e de outros animais salvos pelo Rancho dos Gnomos, acesse o Instagram e não deixe de fazer sua contribuição para o Santuário.

Informações: Rancho dos Gnomos.

Fundador do Portal Veganismo e do Grupo CAMALEÃO.
Comunicólogo, autodidata em História, Filosofia e conhecimentos gerais. Ativista abolicionista pelos Direitos Animais, membro da Sociedade Vegana.

Facebook   

Deixe uma resposta