Escrito em por
Otimismo.

Corridas de bois proibidas: mais uma vitória para os animais!

Foi aprovada pela Suprema Corte da Índia a proibição das corridas de bois, bem como todas as performances que envolvam bovinos no país, incluindo o jallikattu, as lutas de touros e outros esportes cruéis, graças ao trabalho das ONGs Animal Equality India e Animal Welfare Board of India.

corridas-de-bois-sao-proibidas-na-india-jallikattu

O juiz também mencionou que o Parlamento espera alterar a Lei de Prevenção de Crueldade contra os Animais de 1960. Além disso, a Corte comentou que os direitos animais devem ser elevados a direitos constitucionais, para proteger a sua dignidade e honra.


A Animal Equality, em colaboração com os ativistas Gargi Gogoi, Ajay Marathe e Anil Katariya, trabalhou incansavelmente nos últimos anos para acabar com as cruéis corridas de bois.

Nesses eventos os bois são espancados, chicoteados, eletrocutados, alimentados à força com álcool, cutucados com unha e instrumentos perfurantes, têm as suas caudas torcidas e mordidas e os seus testículos espremidos, e são puxados pelo nariz com cordas.

• Para saber mais sobre Direitos Animais, acesse o seguinte artigo: “Por que animais têm direitos?“.

As informações são da Animal Equality, com tradução da ANDA.

Deixe uma resposta