Escrito em por
Notícias, Otimismo.

A aceitação da proteína vegetal nos Estados Unidos da América

Uma pesquisa feita pela ORC Internacional, a pedido da empresa de carnes alternativas Lightlife Plant Protein Foods, descobriu que 65% das pessoas consideram as proteínas vegetais tão saudáveis e satisfatórias quanto os produtos tradicionais com carne.

O estudo quantitativo, feito em dezembro de 2016, contou com 1047 participantes maiores de 18 anos e teve como objetivo identificar as atitudes dos consumidores em relação à proteína vegetal.

O estudo viu que 72% dos entrevistados concordam que as proteínas vegetais são uma fonte de proteína completa, 87% admitem comer proteína vegetal de forma regular e 40% dizem que querem ver mais inovações de proteínas à base de vegetais, na categoria de refeições para lanche, conforme tradução da ANDA.

“É um momento emocionante para inovar nesta categoria que ganha cada vez mais espaço e sabor em alimentos à base de vegetais”, disse o CEO da Lightlife, Roy Lubetkin.

A Lightlife é uma empresa protovegetariana criada em 1979. Após sua a recente compra da Maple Leaf Foods, empresa canadense de produção de carnes, a Lightlife se comprometeu a transformar toda sua linha de produtos até o final deste ano em produtos vegetarianos, ou seja, totalmente sem “ingredientes” de origem animal.

 

Nota do Portal Veganismo: Interessantíssimo ver o quanto os Estados Unidos estão avançando na aceitação do público sobre uma dieta à base de vegetais, surpreendente notar também que a população já percebe que é perfeitamente possível, fácil e mais saudável obter nutrientes através de uma dieta sem produtos de origem animal (vegetariana) do que pela dieta animalizada.

No Brasil ainda é muito comum perguntas como: “De onde os vegetarianos tiram a sua proteína?“, “Se eu parar de tomar leite, meus ossos ficarão fracos?“, “Como faço para ter proteínas em uma dieta vegetariana?“, ao invés, de perguntarem “por que a maioria dos vegetarianos tem melhor saúde?”. Esperamos mudar esse paradigma no Brasil com apoio a cultura vegana (valorização das empresas veganas), informações bem fundamentadas, respeito aos conceitos importantes e ética.

Share on Facebook8Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Share on Google+0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta