Escrito em por
Otimismo.

Puxada de cavalos: outra maneira especista de escravizar animais!

Puxada de cavalos é uma prática violenta que consiste em forçar animais a puxar uma carroça sem rodas carregada de entulho e outros materiais.

As puxadas de cavalos são praticadas em algumas cidades de Santa Catarina, mais precisamente no Vale do Itajaí. Essa atividade ficou mais conhecida e consequentemente foi maior reprimida pela opinião pública, quando manifestantes foram espancados em um protesto contra a puxada de Pomerode (SC), em 2010. Mulheres adultas e idosas foram agredidas.

O caso da agressão foi publicado na época pela ANDA e cinco pessoas foram condenadas.

puxada-de-cavalos-foi-proibida-pela-alesc-governador-Raimundo-Colombo-precisa-aprovar

Somente no ano de 2013 que a puxada de cavalos foi proibida pela Justiça no município de Pomerode (SC). A decisão foi tomada como uma ação preventiva até a conclusão da Ação Civil Pública pedindo a proibição definitiva das competições.

Atualmente, a proposta da deputada estadual Ana Paula Lima (PT) quer uma proibição das puxadas de cavalos em todo território do estado de Santa Catarina. O projeto de lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa por unanimidade.

Quem descumprir a legislação terá que pagar multa de R$ 50 mil que dobra a cada reincidência.

“Hoje, a Puxada de Cavalos está proibida na cidade de Pomerode, por força da lei, mas temos de garantir de que esta prática cruel e abusiva nunca mais aconteça em nosso estado”, disse a deputada Ana Paula.

Para o projeto virar lei estadual catarinense, falta a sanção do governador Raimundo Colombo.
Envie uma mensagem ao governador e peça para ele sancionar a proibição das puxadas de cavalos!

Deixe uma resposta