Escrito em por
Ações-do-Portal, Vale do Paraíba.

Demanda de produtos e serviços veganos é cada vez maior em Taubaté

Taubaté é um município da região do Vale do Paraíba, interior do Estado de São Paulo, localizado a 130 km da capital paulista e 280 km da capital carioca. É uma cidade, como muitas outras, erguida por bandeirantes e pecuaristas que atravessaram as matas na corrida pelo ouro, suas ruas principais foram construídas pensando na largura das carroças e a indústria leiteira é forte em toda região por intermédio das cooperativas.

cresce-adesao-ao-vegetarianismo-em-taubate-sp-veganismo-atma-veg-ONG-Camaleão-direitos-animais-interior-são-paulo

Todo avanço rumo a difusão e a acessibilidade do veganismo é uma grande conquista ao movimento animalista, principalmente quando acontece em cidades menores ou no interior dos estados, como no caso de Taubaté (SP), que vem tendo um aumento significativo na variedade de produtos e eventos veganos.

Cinco anos atrás era quase que inexistente a presença de marcas veganas nos supermercados da cidade, produtos “acidentalmente” veganos (aqueles que não possuem ingredientes de origem animal por pura sorte e não por foco no consumidor vegano) era o que restava de opção para o vegano consumir, isso ainda após leitura de rótulos e consulta nos serviços de atendimento ao consumidor, diferentemente, da atualidade onde marcas veganas, tanto de produtos alimentícios quanto cosméticos, são facilmente encontradas nos grandes supermercados, nos supermercados tradicionais e shoppings centers.

Tal fator se deve por uma constância de pedidos de mais opções veganas pelos consumidores que não consomem ou evitam consumir produtos de origem animal por razões diversas e também pela informação e incentivo do CAMALEÃO, grupo de direitos animais & veganismo, que tem atuado no sentido de incentivar um mercado mais sustentável e ético (vegano). Trabalho que será intensificado no ano seguinte.

O CAMALEÃO tem atingido essa mudança através da disseminação de informação sobre veganismo aos taubateanos, muitos dos quais se tornam vegetarianos e veganos após contato com o grupo, e também com a implementação de mais produtos veganos distribuídos pelo próprio Camaleão como o produto “carro-chefe”, Mandiokejo, que tem facilitado a transição dos protovegetarianos para o veganismo na cidade.

A chegada da lanchonete Atma Veg na cidade também é um forte indicativo desse crescimento e que impulsionará ainda mais a adesão a uma alimentação vegetariana e postura vegana.

Outro fator que exemplifica essa informação é o número de eventos ocorridos nesse ano, ao todo foram 16 eventos sobre vegetarianismo e veganismo, uma média de 1,8 eventos/mês. Somente nas próximas semanas serão mais 3 eventos, três workshops de culinária, sendo dois deles organizados pelo CAMALEÃO e outro por uma chef de cozinha ex-munícipe de Taubaté.

Próximos eventos
Na quinta-feira, 02 de outubro, a chef Narayana irá preparar e ensinar como fazer queijos e leites vegetais, desde sua produção, maturação, até o aproveitamento das polpas.

Por fim no domingo, 26 de outubro, a culinarista Bebel Peçanha realizará na lanchonete vegana Atma Veg, um Workshop de Culinária Vegetariana sobre proteínas vegetais. A aula será sobre como hidratar / preparar a proteína texturizada soja (PTS) e alguns outros pratos proteicos como abobrinha recheada de soja, panqueca de grão de bico e guisado de lentilha com cogumelo e castanha.

* Todos workshops permitem o aprendizado de maneira bem didática e a degustação. Tudo 100% vegetariano, sem a utilização de nenhum ingrediente de origem animal.

 

Deixe uma resposta