Escrito em por
Veganismo.

O consumo de carne e derivados é o maior mal do planeta

Segundo a mídia estatal chinesa, aproximadamente 900 pessoas foram presas por vender carne falsa ou contaminada durante os últimos três meses.

carne-de-rato-marta-e-raposa-e-vendida-como-carneiro-na-china

Em alguns casos, além de usar a carne de ratos, martas e raposas, como se fosse carne de carneiro, os frigoríficos utilizaram produtos químicos, uma solução de peróxido de hidrogênio, responsável por causar irritação, queimaduras, conjuntivites, asma e doenças respiratórias, para processar partes de frango e aumentar o peso da carne.

O caso das “fake meat” pertence a um último relatório sobre questões de segurança alimentar na China, no final de 2011, o país já teve outros casos preocupantes, como o de laticínios contaminados, que tiveram um alto teor de aflatoxinas, uma substância altamente cancerígena e causadora de graves danos no fígado, como necrose, cirrose.

Com a contaminação, cerca de 16 bebês morreram, outros 296 mil adoeceram, 1.500 cães criados para retirada de pele morreram de insuficiência renal em fazendas e ao todo 22 empresas de lácteos estavam envolvidas.

mãe-chinesa-chora-por-filho-que-morreu-por-leite-contaminado-raposa-carneiro-pecuaria-veganismo

A ganância leva o homem a cometer os mais hediondos crimes contra a natureza e consequentemente a si mesmo; não pensem aqueles que consomem outros animais e derivados que são “melhores” ou estariam corretos por consumirem outros animais como vacas, porcos e não consumir cachorro, rato ou insetos.

Consumir um animal, seja ele uma vaca, raposa, cordeiro, rato ou cachorro é a mesma coisa, ambos, são posturas alimentares errôneas, nenhum animal gostaria de ser comido, seja considerado um animal bonito e digno para a sociedade (humana) ou não, isto não importa, além do mais o consumo de produtos de origem animal causa as mais diversas doenças da qual nossa sociedade sofre e também a degradação ambiental, é claro.

Inspiração: BBC News

Deixe uma resposta