Escrito em por
Notícias.


Warning: Undefined array key "use_custom_image" in /home/portalveganis489/public_html/wp-content/plugins/custom-about-author/display-about-author-block.php on line 134

Cage-free é apenas um novo jeito de explorar galinhas usado para aliviar a consciência do consumidor!

A rede McDonald’s Corporation é uma das maiores cadeias de Fast food de hambúrguer do mundo e uma das empresas que mais lucra com a matança de animais para fabricação de produtos de origem animal.

A empresa também é alvo de críticas no mundo todo por conta da exploração dos funcionários, a devastação ambiental, o uso de agrotóxicos e outros químicos poluentes, o impacto social de suas grandes extensões de terra (latifúndios), o prejuízo a saúde dos consumidores, a exploração de animais e em especial a publicidade infantil que realizam para ampliarem os lucros.

cage-free-mcdonalds-usara-apenas-ovos-cage-free-nos-estados-unidos-galinhas-soltas-ovos-free-range-direitos-animais-veganismo-especismo

Atentos as exigências dos consumidores e a possíveis nichos de mercado, o McDonald’s tem mudado gradualmente seu cardápio buscando incluir mais saladas, frutas e outras opções que considera mais saudável.

Dessa vez, o McDonald’s buscou atender as recomendações de ONGs bem-estaristas como, por exemplo, a HSUS, a WPA e a HSI, fazendo uma promessa de adquirir apenas ovos de galinhas “soltas” (criadas em galpão sem gaiolas de bateria) para as unidades dos Estados Unidos e Canadá, dentro de um prazo de 10 anos.

A HSI encoraja e trabalha com grandes empresas como Burger King, Subway, Nestlé, Unilever, WalMart e Starbucks na adoção de padrões de “bem-estar” animal em cadeias de produção de carnes de animais e ovos. A HSI incentiva o Flexitarianismo e o consumo de produtos animais gerados com um pouco menos de sofrimento, como os ovos caipiras.

“Galinhas criadas para produção de ovos em sistemas de confinamento (gaiolas de bateria) sofrem tanto quanto as criadas em sistemas de confinamento em galpão (cage-“free”), a diferença está na aparência e na sensação de conforto para o consumidor, enquanto as criadas em bateria estão mais visualmente confinadas e prejudicadas, as criadas em modelo cage-free estão “soltas” presas dentro de galpões, porém, o que o público geralmente não percebe é que exatamente por estarem em milhares juntas o stress e conflito entre elas acontece não mais pelo confinamento em bateria, mas agora pelo convívio conflituoso com seus pares.

Tudo por que a galinha, enquanto animal sensível/consciente, tem a capacidade de memorizar e criar uma relação social com um número estabelecido de outras galinhas (geralmente 90 indivíduos), mas no sistema cage-free ela está exposta a milhares de outras galinhas, causando uma confusão em suas relações sociais e gerando conflito entre elas, portanto, stress e sofrimento.” – afirma o ativista Douglas, da ONG CAMALEÃO.

mcdonalds-usara-apenas-ovos-cage-free-nos-estados-unidos-galinhas-soltas-ovos-free-range-direitos-animais-veganismo-abolicionista

O McDonald’s diz que compra, todos os anos, cerca de 2 bilhões de ovos nos Estados Unidos e 120 milhões no Canadá para poder oferecer o menu de café da manhã, as informações são do Portal Exame.

Nota do Portal Veganismo: Galinhas são animais, são indivíduos que possuem interesse em não serem tratadas como mercadoria ou recurso. Galinhas não são máquinas para se colocar energia (ração) de um lado e tirar produto do outro.

Uma galinha bota cerca de 30 ovos na natureza em sistemas de criação moderna elas podem chegar a botar mais de 300 ovos por ano, isso danifica totalmente sua saúde e deteriora seu corpo, causando inúmeras doenças associadas ao aparelho reprodutor, osteoporose e outras fraturas ósseas; e, em alguns casos, total paralisia do esqueleto (“caged layer fatigue”) e ovo vinculativo (grandes ovos que ficam empacados e são expelidos lenta e dolorosamente).

Além do equívoco ético do uso desses animais para produção de ovos, a crueldade continua no sistema cage-free, os pintinhos machos continuam sendo eliminados nas incubadoras, as fêmeas continuam tendo seus bicos debicados com ferros quentes e em todos os sistemas esses animais são mortos dentro de um ou dois anos, o que é uma fração do seu tempo de vida natural.

Você não precisa consumir ovos para viver, conheça e pratique uma alimentação 100% vegetariana, acesse nossas receitas e informe-se sobre Veganismo e Direitos Animais.

Deixe uma resposta